segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Marcos Harter detona a Globo e afirma que mulheres pediram para “apanhar” dele


Marcos Hartes, que participou do BBB17 e foi expulso do programa por acusação de ter agredido a participante Emilly, concedeu uma entrevista esclarecedora e ao mesmo tempo polêmica para o “Programa do Porchat” na Record.
O participante detonou a Globo, ao afirmar que a emissora não levou ao ar trechos importantes para esclarecimento dos fatos. Para quem não sabe, Marcos foi indiciado por agressão e segue respondendo o processo:
“A Globo mostra a gravação do[Michel] Temer, porque não mostra a da Emilly?“. Segundo ele, foram os fatores externos que levaram a emissora carioca a tomar esta atitude de expulsá-lo. “Muita gente não assistia e aí rolou: ‘você viu o que aconteceu no ‘Big Brother’? O cara agrediu a menina’. Aconteceu a [campanha] ‘Mexeu com uma, mexeu com todas’ e a Globo teve que tomar uma iniciativa“, afirmou.
“A Globo perdeu muito dinheiro, pois cada paredão gera muita renda para ela. Mas o apelo, o clamor emocional pela minha saída os fez abrir mão do paredão“, concluiu Harter, segue sua vida como cirurgião plástico.
Ainda durante a entrevista, Marcos reforçou que não bateu na gaúcha, com quem teve relacionamento durante o reality. “Agressão física de fato não houve. A situação foi uma discussão tensa. A cena é tão forte que as pessoas não prestam atenção no conteúdo. O conteúdo era o que? Ela queria que eu falasse que a outra tinha que ganhar. Uma infantilidade. Mas óbvio que não justifica”, frisou o médico, cujo lucro após o programa já beira R$ 1 milhão.
“Passei do ponto. Passei. Deveriam ter chego e falado ‘Marcos, foi pesado. Existe um clamor aqui fora. Tivemos um funcionário, um cantor que tiveram problemas…”, indicou. “Aquilo para mim era brincadeira. Não tava ali focado. Os caras estavam enlouquecidos por dinheiro. O que é você aqui fora com R$ 1,5 milhão e sendo visto como mau caráter pelo Brasil inteiro?”, finalizou.
Outro ponto que chamou bastante a atenção, se deve ao fato do cirurgião ter dito que algumas mulheres chegaram a pedir aqui fora para serem agredidas por ele: “Quando eu sai do programa e fui para a delegacia prestar depoimentos, eu cheguei lá e tinha mulheres com cartazes escritos ‘Marcos me bate’, afirmou o médico que disse que passou a ganhar muito mais após sua saída do programa. “Estou quase batendo o prêmio disse ele” referindo-se ao fato que já quase conseguiu o 1,5 milhão do programa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário